Monthly Archives: Março 2009

Revista Smash! ESMAGA as bancas

Já chegou às bancas portuguesas a primeira edição da Smash!, uma nova revista de videojogos e cultura urbana.

A Smash! custa 1,90 euros, o que a torna na revista portuguesa de videojogos mais barata do mercado. Jorge Vieira é o director editorial de uma publicação que aposta forte nos videojogos mas que também aborda outros meios de entretenimento como a Internet, música, cinema e desportos radicais, entre outras temáticas indissociáveis da cultura urbana juvenil.

Na sua edição de estreia, a Smash! apresenta análises a jogos como GTA: Chinatown Wars e Resident Evil 5, para além de uma mão cheia de artigos sobre, por exemplo, a investida do iPhone no mundo dos videojogos, os primeiros detalhes da sequela de BioShock e o Goozex, um serviço que permite trocar jogos usados. O primeiro número da Smash! inclui ainda vários passatempos que permitem ganhar t-shirts e autocolantes GTA, jogos Halo Wars e Euro Truck Simulator, acessórios Xbox 360 e uma prancha de skate totalmente personalizada pelo leitor.

Gonçalo Brito (ex-MegaScore, Hype! e MyGames) e Rui Parreira (ex-PT Gamers) complementam o núcleo duro de uma equipa que reuniu cerca de 15 colaboradores nesta primeira edição da revista. A designer holandesa Dolly Oblong e EkoFive, um dos maiores especialistas portugueses em street art, são alguns dos colaboradores fixos da Smash!.

capa_small1

spotlight_small

loading_small

start_small

ccontracapa_small1

Voltamos já

f_voltojam_3c77276

Se acontecer virem cá visitar-nos e encontrarem o blog em baixo, não se assustem. vamos fazer aqui algumas alterações que vos irão agradar muito.

Abraços e até já. 🙂

Lista de vencedores da Game Developers Conference 2009

fallout 3

Game of the Year
Fallout 3 (Bethesda Softworks)

Best Game Design:
LittleBigPlanet (Media Molecule)

Best Writing:
Fallout 3 (Bethesda Softworks)

Best Technology:
LittleBigPlanet (Media Molecule)

Best Visual Arts:
Prince of Persia (Ubisoft Montreal)

Best Debut Game:
LittleBigPlanet (Media Molecule)

Best Handheld Game:
God Of War: Chains Of Olympus (Ready at Dawn)

Innovation Award:
LittleBigPlanet (Media Molecule)

Best Audio:
Dead Space (EA Redwood Shores)

Best Downloadable Game:
World Of Goo (2D Boy)

Prémios especiais:

Lifetime Achievement Award
Hideo Kojima

Pioneer Award
Alex Rigopulos and Eran Egozy

Ambassador Award
Tommy Tallarico

Só há uma coisa de errado com a revista Smash!… IT’S ALIVE!

Um momento mais relaxado, pós-fecho, do Jorge Vieira, a única pessoa que ainda faz alguma coisa nesta redacção...

parreira-sorriso-tacografo

Rui Parreira segura numa das páginas da Smash!. O seu sorriso não é de orgulho por ter fechado a primeira edição da revista, mas sim por ter encontrado um sitio onde se sentar.

jorge-happy-dead-face

Jorge Vieira posa com uma gravata bem mais gira que a dele, apenas alguns momentos antes de desmaiar, não de felicidade por ter fechado a edição 1, mas de exaustão. Too much partying, right mista Jorge?

O sorriso pateta diz tudo. Gonçalo Brito pode não estar a sorrisir de orgulho por ter finalmente acabado o 1º número da Smash!, mas segura em folhas bramcas com borrões verdes como ninguém. Pura arte.

Gonçalo Brito pode não estar a ostentar este sorriso pateta por orgulho de ter finalmente acabado o 1º número da Smash!, mas segura em folhas brancas com manchasverdes como ninguém. E isso meus amigos, é arte! (ou pelo menos foi o que ouvi dizer de um amigo de um amigo...)

Tá fechado, tá fechado.

ws_abstract_lock_1024x768

São 3:43 da manhã e a partir deste momento a Smash! já não está nas nossas mãos. There are things in motion that no man one, man or god can stop now. Vão se preparando. A qualquer momento poderão ser surpreendidos por uma banca de revistas perto de si.

Até já.

Ajuda Tim Schafer a fazer piadas

Tim Schafer, o mentor da Double Fine Productions, autor de Monkey Island, Psychonauts e Brutal Legend está em apuros! Ele aceitou novamente ser o anfitrião da GDC, mas encontra-se sem ideias para piadas no seu argumento de apresentação.

Que tal dares-lhe uma ajudinha?

tim-shafter

Conheçam a Zeebo, a consola made in Brasil!

Num país onde a taxa de pirataria é assustadora, fazendo com que a PlayStation 3 e Wii ainda não tenham sido introduzidas, eis que surge a Zeebo, uma consola económica, produzida no Brasil e destinada aos mercados emergentes.

Se compararmos o preço da Zeebo, que custará cerca de 199 dólares, com as consolas da Sony e Nintendo (1100 e 1000 dólares respectivamente), rapidamente chega-se à conclusão do potencial desta consola.

As expectativas em termos de experiência lúdica é baixa, já que se trata de uma tecnologia baseada em telemóveis, desde o chipset gráfico à rede wireless 3G, mas posiciona-se como livre de pirataria. Isto porque os seus jogos serão adquiridos via online e serão baratos.

Não esperem encontrar grandes bombas, em termos de videojogos. A consola virá com uma memória flash de 1GB e incluirá cinco jogos: Quake, Crash Bandicoot Nitro Kart, Tekken 2, Double Dragon e Zeebo Racing. De facto, parece que retrocedemos mais de 15 anos no tempo, mas estamos a falar de um público-alvo que provavelmente nunca jogou um videojogo na sua vida.

No lançamento da consola, previsto para o mês de Maio no Brasil, estarão disponíveis cerca de 15 jogos e nos meses seguintes chegarão aos 30. A empresa mencionou que tem acordos com importantes produtores, entre os quais Electronic Arts, THQ, Capcom, id Software, Namco, Activision, Digital Chocolate, Glu, entre outros.

Zeebo será assim uma alternativa contra a pirataria, em mercados emergentes como a Índia, Brasil, China, México, Europa do Leste, entre outros.

zeebo